"The Overview Effect": como os astrounautas enxergam a humanidade

17/04/2017

O efeito da visão geral ("overview effect", no original em inglês) é um efeito psicológico reportado por alguns astronautas que consiste em uma "mudança cognitiva de consciência, resultante da experiência de ver a Terra a partir de sua órbita ou da superfície lunar". Segundo esses astronautas, observar nosso planeta a partir do cosmos traz um forte senso de autoconsciência a respeito da humanidade e do nosso lugar no universo, das nossas ações sobre o planeta e da inconsistência de nossas fronteiras geopolíticas. A Terra, afinal de contas, é vista como uma só.

 

 "The Blue Marble", a Terra vista da Apollo 17 (https://goo.gl/odwfBQ)

 

 

Não é difícil imaginar a sensação de admiração que essa imagem pode provocar em alguém. O cosmonauta Yuri Alekseyevich Gagarin, a primeira pessoa a fazer uma viagem espacial, foi o primeiro a ver o planeta Terra dessa perspectiva vantajosa: "a Terra é azul. Como é maravilhosa. Ela é incrível!", segundo ele na época.

 

De lá para cá, outras missões espaciais – tripuladas ou não –, tiveram a oportunidade de ter a mesma visão privilegiada, o que despertou em cada vez mais pessoas essa consciência sobre o planeta como um todo. A missão Apollo 17, por exemplo, a última a nos levar à Lua, produziu o mais reconhecível e mais reproduzido retrato de nosso planeta: uma esfera de mármore azul pairando sobre o escuro pano de fundo do cosmos. Não é de se surpreender que os movimentos ambientalistas começaram a surgir em todo o mundo na mesma época.

 

Nosso lugar no cosmos

 

A mais contundente reflexão sobre a Terra vista do espaço, porém, foi feita por alguém que nunca teve a oportunidade de ter essa visão em primeira mão: o astrofísico Carl Sagan, um dos responsáveis pela missão Voyager. Quando a Voyager-1 estava nos arredores de Saturno, a sonda tirou uma foto do nosso planeta, na última oportunidade antes de seguir para os confins do sistema solar. A imagem, replicada pela sonda Cassini em 2015, mostra um "pálido ponto azul", indistinguível de outros pontos luminosos, no qual, segundo Sagan, "todos que você ama, todos que você conhece, todos de quem você já ouviu falar, todo ser humano que já existiu, viveram suas vidas." Impossível não refletir sobre nosso lugar no cosmos.

 

As vantagens técnicas, científicas e econômicas das imagens da superfície da Terra são bastante conhecidas. A produção agrícola, o planejamento urbano, o controle e remanejamento de reservas florestais, as mais diversas atividades humanas são beneficiadas por essa tecnologia. Porém, diante de tantos avanços, às vezes pode nos escapar o verdadeiro significado de uma imagem do planeta sem suas linhas divisórias, sem as muitas transformações que nós fizemos em sua superfície. É importante lembrarmos o quão pequeno é nosso lugar no espaço, e, ao mesmo tempo, o quão importante é entendermos esse lugar.

 

 "Pale Blue Dot", a Terra vista da sonda Cassini (https://goo.gl/S55UJm)

 

 

A Zenit e o imageamento aéreo

 

Alguns desses avanços tecnológicos trazidos pelo imageamento aéreo são oferecidos pela Zenit Aerospace por meio da filmagem por drones. Nosso portfólio inclui cobertura de eventos (como festas e casamentos), imóveis e construções (setor imobiliário), e os mais diversos segmentos de divulgação. Caso tenha interesse em promover um produto ou um serviço a partir de um ponto de vista totalmente novo, entre em contato conosco.

 

Este é o quarto artigo de uma série de quatro publicações que buscam explicar os assuntos relacionados aos serviços prestados pela Zenit Aerospace: espelhos para telescópios, soluções empresariais, escola espacial  e imageamento aéreo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Posts Em Destaque

Uma possibilidade de registrar o mundo por outra ótica: o uso de DRONES para filmagem e fotografia.

25/08/2018

1/9
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags